10 de mar de 2008

Não Violência - texto 1

Faz muito tempo que não escrevo, tenho tentado arranjar tempo, mas tá dificil... ando numa fase meio anti-computador. Então quando sobra um tempo, tenho preferido pegar um livro.

Mas fiquei contente com as várias respostas que recebi sobre "Não- Violência". Todas foram super bem vindas e estão guardadas para o texto que ainda vou escrever. Mas uma foi especial, uma amiga querida escreveu um texto lindo, na minha opinião, bem yogui. Pedi pra ela e estou colocando o texto na integra. Aproveitem!!

Namaste!


"Resumindo, não violência para mim é uma forma de praticar a felicidade.

Complicando ou explicando: Não violência é quando eu entro em contato e confio na plenitude e perfeição da minha natureza. Porque neste instante só há paz em mim e eu paro de temer e sentir "faltas"; neste instante eu paro de atacar o mundo ao meu redor para me defender porque eu não tenho do que me defender; neste instante eu devolvo a minha paz em qualquer interação porque é só ela que eu tenho a oferecer. E a paz interior é algo com um poder incrível de transformação do nosso ambiente. A paz atrai a paz, gera a paz e a multiplica e isso é a não violência. Não violência é sempre oferecer o amor na confiança paciente desta geração e multiplicação e não oferecer a violência (medo, raíva,desconfiança) na certeza que ela se perpetuará. Não violência é o poder interior que todos tem para transformar a realidade. É também um despertador para me lembrar de quem eu sou e me orientar como agir, quando me pego muito fora de mim irritada, nervosa ou sei lá. Pode parecer mais fácil aderir à não violencia quando alguém te fecha no trânsito - vc segura o seu impeto raivoso e seus palavrões mantendo a sua paz-, do que mantê-la quando alguém querido mente para você. Não tem importância. A gente pode começar pelas coisas que a gente considera pequenas porque elas permearão a nossa atitude até um dia a gente conseguir aplicar nas coisas que consideramos grandes e nos sentirmos mais felizes. "

Lais Fajersztajn

Nenhum comentário: