4 de fev de 2009

Da Felicidade

Quantas vezes a gente, em busca da ventura,
Procede tal e qual o avozinho infeliz:
Em vão, por toda parte, os óculos procura,
Tendo-os na ponta do nariz!

Mario Quintana


Porque a poesia também alimenta a alma!!!

Namaste!!

4 comentários:

gija disse...

adorei seu texto sobre as invertidas.. estou perdendo o medo esta semana!

http://palavraschulas.blogspot.com

coisas de frozina disse...

Oi, Mari
Que bom que você está escrevendo mais no blog!
Sugestão: Você podia escrever um pouco sobre a postura da águia e do sapo, né?! Eu tenho tentado fazê-las sempre em casa e não sei por quê... Parece que o corpo está pedindo, sabe? Mistério...
Beijos!

Mariana Akamine disse...

Fá, sugestão anotada!!!

Fico muito feliz em saber que vc tem praticado em casa!

beijão!!!!

Fernanda R. Lima disse...

A felicidade está dentro da gente e não lá fora...mas tem muita gente que não sabe.

;-)

Bjo