18 de set de 2011

Enquanto sigo sem vontade de escrever, vamos nos inspirando nos grandes:



“Nosso medo mais profundo não é o de sermos inadequados.
Nosso medo mais profundo é de sermos poderosos além da medida.
É a nossa luz, não nossa escuridão, o que mais nos assusta.
Nós nos perguntamos, "Quem sou eu para ser brilhante, interessante, talentoso e fabuloso?"
Na verdade, quem é você para não ser?
Você é uma criança do Espírito.
Você, pretendendo ser pequeno, não serve ao mundo.
Não tem nada de iluminado no ato de se encolher para que os outros não se sintam inseguros ao seu redor.
Nascemos para manifestar a glória do Espírito que está dentro de nós.
E, à medida que deixamos nossa luz brilhar, damos permissão para outros fazerem o mesmo.
À medida que liberamos nosso medo, nossa presença libera outros.”
Nelson Mandela - 1994

Um comentário:

Luciana Gomes disse...

É nossa luz que nos assusta... isso muda tudo!