2 de nov de 2011

Recebi por email, e achei que valia a pena:

No ventre de uma mulher grávida estavam dois bebês. Um pergunta ao outro:
- Você acredita na vida após o nascimento?
- Claro!  Tem de haver algo após o nascimento. Talvez estejamos aqui principalmente porque nós precisamos nos preparar para o que seremos mais tarde.
- Bobagem, não há vida após o nascimento. Como verdadeiramente seria essa vida?
- Sei lá!.. Certamente haverá mais luz do que aqui. Talvez caminhemos com nossos próprios pés e comeremos com a boca.
- Que absurdo! Caminhar é impossível. E comer com a boca? ridículo! O cordão umbilical nos alimenta. Eu digo apenas:  não há vida após nascer, o cordão umbilical é muito curto.
- Certamente há algo. Pode ser apenas um pouco diferente do que estamos habituados aqui.
- Mas ninguém voltou de lá, depois do nascimento. O parto apenas encerra a vida. E afinal de contas, a vida é nada mais do que a angústia prolongada na escuridão.
- Não sei como será após o nascimento, mas acho que veremos a mamãe e ela cuidará de nós.
- Mamãe? Você acredita na mamãe? E onde ela supostamente está?
- Onde? Em tudo à nossa volta! Nela e através dela nós vivemos. Sem ela nada disso existiria.
- Eu não acredito! Eu nunca vi nenhuma mamãe, por isso é claro que não existe nenhuma.
- Mas às vezes quando estamos quietos, podemos ouvi-la cantando, sentimos, como nos afaga... Eu penso: a vida real nos espera e que agora estamos nos preparando para ela…
(autor desconhecido)

Namaste!



5 comentários:

Luciana Gomes disse...

Muito bom!!!
Como faz diferença enxergar as coisas por outro ponto de vista.

Fabiana disse...

Lindo!!!

Anônimo disse...

Muito bom!!!

Yara disse...

Nossa que mensagem mais linda. Grande sensibilidade!

Anônimo disse...

Inspirador !!!

Nove meses= uma Vida.
Apesar de gemeos,sensibilidades diferentes !