27 de dez de 2011

Meus votos para 2012



Quinta feira passada fui de manhã dar aula numa casa onde vou há 6 meses, num bairro residencial de São Paulo. Como o trânsito já estava melhor, cheguei 20 minutos mais cedo. Resolvi, então, dar uma caminhada pelo bairro. Estava um sol gostoso, forte, mas com um ventinho bom, e o bairro é muito arborizado, tem bastante sombra. Fiquei 15 minutos caminhando e reparando nas casas (todas de uma classe econômica alta, mas tão diferentes uma da outra),  sentindo o cheiro e o vento da rua, reparando nas pessoas que por ali passavam.  Percebi então, que frequento aquele lugar toda semana há seis meses, e nunca tinha sentido a rua. Nunca tinha visto a rua. Tudo que eu sabia era o caminho do carro até a casa onde dou aula. E dentro do carro ficamos meio anestesiados do mundo.

Foi uma experiência agradável e intensa, pois estar totalmente presente, por menos tempo que seja, é sempre intenso.

Desejo então que, nesse novo ano que se aproxima, nós tenhamos a proposta de sentir mais os lugares por onde passamos. Estar mais nos momentos em que nos encontramos. Curtir mais o vento, o sol e a sombra.

Iniciarei o ano numa bem esperada viagem à India. Nos vemos na volta, ou quem sabe durante a viagem...

Feliz 2012!!!

Namaste!!!